08 abril, 2020

Harry Potter e o Enigma do Príncipe (J. K. Rowling)


Contém spoilers, bruxinhos!

Lembro que, quando estava lendo esse livro, ficava triste e feliz simultaneamente, pois esse é o penúltimo livro da saga Harry Potter e sabia que essa história estava chegando ao fim. Queria fazer essa leitura bem devagar mas ao mesmo tempo queria ler tudo de uma vez só! Não sabia o que esperar desse livro, estava bem mal por tudo que aconteceu em A Ordem da Fênix e estava esperando alguma coisa muito ruim acontecer nesse volume também e quando aconteceu eu fiquei sem chão!

Harry Potter e a Ordem da Fênix foi um dos livros das saga que mais me prendeu e que me deixou mais imersivo na história. Fiquei fascinado e muito feliz em ver como a relação de Dumbledore e Harry Potter foi ficando mais forte. As cenas deles na Penseira me deixavam em êxtase! Amava ver cada qual sendo descoberto aos poucos através de um “simples líquido” despejado em uma bacia. Isso foi muito mágico (pelas barbas de Merlim, tudo nessa saga é mágico). Fico muito feliz sempre que lembro o tanto que essa saga contribuiu para minha imaginação ser ainda mais fértil e por me apresentar a um gênero que gostava e nem me dava conta: A fantasia!


Sinopse: Harry Potter e o enigma do príncipe' dá continuidade à saga do jovem bruxo Harry Potter a partir do ponto em que o livro anterior parou o momento em que fica provado que o poder de Voldemort e dos Comensais da Morte, seus seguidores, cresce mais a cada dia, em meio à batalha entre o bem e o mal. A onda de terror provocada pelo Lorde das Trevas estaria afetando, até mesmo, o mundo dos trouxas (não-bruxos), e sendo agravada pela ação dos dementadores, criaturas mágicas aterrorizantes que 'sugam' a esperança e a felicidade das pessoas. Harry, que acabou de completar 16 anos, parte rumo ao sexto ano na Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts, animado e ao mesmo tempo apreensivo com a perspectiva de ter aulas particulares com o professor Dumbledore, o diretor da escola e o bruxo mais respeitado em toda comunidade mágica. Harry, longe de ser aquele menino magricela que vivia no quarto debaixo da escada na casa dos tios trouxas, é um dos principais nomes entre aqueles que lutam contra Voldemort, e se vê cada vez mais isolado à medida que os rumores de que ele é O Eleito o único capaz de derrotar o Lorde das Trevas, se espalham pelo mundo dos bruxos. Dois atentados contra a vida de estudantes, a certeza de Harry quanto ao envolvimento de Draco Malfoy com os Comensais da Morte e o comportamento de Snape, suspeito como sempre, adicionam ainda mais tensão ao já inquietante período. Apesar de tudo isso, Harry e os amigos são adolescentes típicos dividem tarefas escolares e dormitórios bagunçados, correm das aulas para os treinos de quadribol, e namoram.

O livro em si é muito misterioso, fiquei apreensivo nos primeiros capítulos, em especial ao “A rua da afiação”. Logo após o Severo Snape fazer o voto perpétuo, ficava imaginando que desejo seria aquele que Voldemort queria tanto que fosse realizado, só sabia que era algo muito sério e perigoso em um todo.


Esse livro é focado no passado de Lorde Voldemort e sobre sua história. Mas ficamos sabemos de forma um pouco mais aprofundada sobre outros personagens também. Fiquei perplexo como o Tom Riddle sempre foi, desde criança, uma pessoa perversa e sempre se colocava acima de tudo e de todos.

Nesse livro eu percebi o quando o Snape é inteligente e astucioso. Eu amei aquele livro de estudos e preparos de poções! Esse livro só prova o quanto o príncipe mestiço pode ser incrivelmente sábio e audacioso. Eu não pude conter o ódio que eu senti sobre ele nesse livro, tudo que eu pensava a seu respeito, tudo que eu admirava nele, simplesmente desapareceu. Não me contive (me arrependi disso depois fazendo a leitura do próximo volume).


Esse foi o livro de toda a saga que mais me fez chorar. Quando terminei de ler ele já era de madrugada, estava lendo no meu Kindle quando finalmente cheguei na parte em que Dumbledore morre, não me dei conta disso logo de primeira, esperava de verdade que ele ainda, de alguma forma, estivesse vivo. 

"E ele soube, sem saber como sabia, que a fênix partira, deixara Hogwarts para sempre, da mesma forma que Dumbledore deixara a escola, deixara o mundo... deixara Harry". Esse é o último parágrafo do capítulo “O lamento da fênix". Quando eu li ele, eu não aguentei, minhas lágrimas rolaram e por um momento pensei que não conseguiria concluir a leitura naquela noite. Respirei, enxuguei as lágrimas e continuei. Teve ainda o enterro do Dumbledore que foi muito lindo e mais emocionante ainda. Só conseguia pensar o que seria de Hogwarts sem ele. Nunca pensei que uma série de livros fosse mexer tanto comigo.

adaptação cinematográfica


Eu, com todos os livros da saga lidos, nunca cheguei a mencionar que algum livro seja o pior da saga, pois todos são ótimos! Mas sobre esse filme eu falo com propriedade: Harry Potter e o Enigma do Príncipe é o pior filme da franquia! Não entendo o motivo d’A Toca ter pegado fogo?? Pelas barbas de merlim! Sem contar que o filme não explica quase nada! Uma pessoa que não leu o livro e vai assistir ao filme, terá conhecimento de bem pouco da história.

O próprio diretor falou que enxergava esse filme como uma “comédia romântica”. Eu não entendo. Fiquei esperando o beijo do Harry e da Gina na frente de todos os alunos da Grifinória e não teve! E sem falar do funeral do Dumbledore que não existiu no filme!

Apesar desse filme ser bem decepcionante, sou grato a ele e temos que levar em conta as coisas (que são poucas) boas nele. Como por exemplo, a fotografia está impecável nesse filme, deu todo um tom mais misterioso para a história. E o quadribol está bem presente. Amei a cena do Voto perpétuo, voo da fênix, Harry sobre efeito da Feliz felices (que inclusive eu tenho uma haha). Em geral, é um filme que vou assistir-lo  mais vezes com toda a certeza.


Esse livro foi o meu favorito da saga toda! Eu amei demais ter lido cada página dessa história. Qual é o livro da saga favorito de vocês?  E o filme? Espero que tenham gostado do post e das fotos.

Com amor, L ⭐

AO INFINITO E ALÉM

6 comentários:

  1. Eu nunca li os livros de Harry Potter, sempre quis focar mais nos filmes, já que comecei acompanhar a saga por causa dos filmes e assim foi. Vejo muitas opiniões que se dividem demais quanto as adaptações.
    Pelo modo que tu colocou o filme realmente não foi dos melhores. Um livro tão grande com tanta história merecia uma boa adaptação hein.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Decepcionado com o filme porém muito surpreso com o livro haha ♡

      Excluir
  2. Talvez esse seja o meu segundo livro ~menos favorito~ porque o que ocupa essa posição ainda é Cálice de Fogo. não que eu não ame, mas tenho os queridinhos, né? O filme, apesar de eu gostar, é bem ruim hahaha. Falta tanta coisa, que eu acho que se eu não tivesse lido o livro antes ia ficar boiando. Ah, e eu não chorei lendo esse porque eu tava com tanta raiva do personagem que nós sabemos qual é que nem deu tempo de chorar hihi.

    ResponderExcluir
  3. Rapaz, talvez seja meu próximo livro. Curti muito o que li aqui. Estou terminando Harlan Koben.

    ResponderExcluir

Ativem o "notifique-me" para saber qual foi minha resposta ao seu comentário e para que possamos interagir melhor! ♡