07 abril, 2020

Harry Potter e a Ordem da Fênix (J. K. Rowling)


Contém spoilers, Bruxinhos!

Não sei exatamente por onde começar a falar desse livro... é um livro tão intenso e nele aconteceram tantas coisas. Coisas tristes que acabaram comigo e que eu fiquei na cama a noite toda chorando pensando nessa história. Fui com as expectativas bem altas ler esse livro, e nossa, que livro!

Harry Potter e Ordem da Fênix no começo estava muito enrolado, nada acontecia, eu estava (como diz aquele “ditado popular”) empurrando o empurrando o livro com a barriga. O próprio Harry Potter estava muito chato! Nossa, só sabia gritar, parecia um adolescente mimado. Ficava pensando: gente cadê o Harry de A Pedra Filosofal? Que bom que isso tudo foi ficando melhor depois das 150/200 páginas, depois disso, não conseguia largar o livro.

Esse foi o maior livro que eu já li (até agora). Olho para esse calhamaço e penso como eu tive pique para ler um livro desse em menos de dez dias. Afinal são mais de 700 páginas mas foram essas setecentas páginas que me deixaram (e ainda deixam) feliz.



Sinopse: Harry não é mais um garoto. Aos 15 anos, continua sofrendo a rejeição dos Dursdley, sua estranha família no mundo dos 'trouxas'. Também continua contando com Rony Weasley e Hermione Granger, seus melhores amigos em Hogwarts, para levar adiante suas investigações e aventuras. Mas o bruxinho começa a sentir e descobrir coisas novas, como o primeiro amor e a sexualidade. Nos volumes anteriores, J. K. Rowling mostrou como Harry foi transformado em celebridade no mundo da magia por ter derrotado, ainda bebê, Voldemort, o todopoderoso bruxo das trevas que assassinou seus pais. Neste quinto livro da saga, o protagonista, numa crise típica da adolescência, tem ataques de mau humor com a perseguição da imprensa, que o segue por todos os lugares e chega a inventar declarações que nunca deu. Harry vai enfrentar as investidas de Voldemort sem a proteção de Dumbledore, já que o diretor de Hogwarts é afastado da escola. E vai ser sem a ajuda de seu protetor que o jovem herói enfrentará descobertas sobre a personalidade controversa de seu pai, Tiago Potter, e a morte de alguém muito próximo.

Estou muito triste com a Morte de Sirius! Não caiu a ficha logo no começo, só fui me dar conta depois. A relação dele e do Harry estava tão bonita nesse livro e a J. K. Rowling simplesmente acabou com tudo e deixou meu coração em pedaços. Este livro em um todo, em algumas partes, fica um pouco sombrio.

E se já não bastasse os acontecimentos ruins, tem a nossa queria odiada, Dolores Umbridge. Não tem como gostar dessa mulher, meu Deus! Acho que eu nunca odiei tanto uma personagem em toda minha vida. Que mulher chata. Tudo que ela faz, tudo que ela fala, ela por si só já é um porre. Não suporto.


Foi desesperador ver a Umbridge se tornando a diretora de Hogwarts, Harry tento aquelas visões estranhas e sombrias ao mesmo tempo, Harry e a Cho Chang (cadê a química?). Mas apesar de tudo também acontecem coisas boas como Harry desenvolvendo a Armada de Dumbledore e ensinado magia para os membros e depois eles lutando contra os comensais da morte (eu fico arrepiado nessa cena), A "batalha" de Voldemort com Dumbledore... isso sem falar que fomos apresentados a uma personagem muito peculiar, com um jeito único, sempre alegre e vendo o lado bom das coisas que eu amei desde o começo: Lunna Lovegood <3

Me decepcionei um pouco (ou muito) com os marotos neste livro. Agora eu entendo (embora um erro não justifica o outro) um pouco a personalidade do Severo Snape. Ele é um dos personagens mais complexos da saga toda. Não escondo de ninguém que eu gosto muito dele e é um dos meus personagens favoritos. Só quem passou sabe o quando o Bullying nos afeta e como isso pode afetar a pessoa que a gente pode se tornar,e e, foi exatamente isso que aconteceu com o Severo.

Adaptação cinematográfica


Sobre a adaptação cinematográfica, nossa faltou muita coisa. Cadê o Dobby? E o quadribol? Foram cortadas muitas partes! Entendo que são setecentas páginas e é difícil trazer isso para um filme de 2h horas e 22 minutos,  mas,  muitas coisas essenciais ficaram de fora.

Porém ainda assim sou grato a esse filme e sempre que eu puder vou novamente assisti-lo. Os filmes de Harry Potter em um todo (apesar de faltarem muita coisa) são muito bons! Sempre minha saudade desse universo é sanada por eles <3

Todos concordamos que o livro Harry Potter e a Ordem da Fênix é melhor que o filme, certo?  Espero que tenham gostado do post e das fotos! Vamos falar sobre essa saga nos comentários!

Com amor, L 

AO INFINITO E ALÉM

15 comentários:

  1. Oi Lucas... Adorei a resenha... Adaptação cinematográfica é sempre diferente mesmo. A linguagem é outra. O cinema é da imagem e deve ir no máximo a 01:30h mais ou menos. Ninguém aguenta mais que isso dentro de uma sala de cinema. Então eles tem que cortar mesmo e considerar o que da obra literária se encaixa com a linguagem cinematográfica. Tarefa muito difícil. Nem tudo de um livro cabe na tela... Às vezes pro questões de ritmo, outras de linguagem. Acho que cada arte tem a sua magia. Literatura é outra vibe. Abração, cara! Adorei seu blog!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente. Mesmo com todos os erros, é um filme bom e que sempre que eu tiver a oportunidade, vou assisti-lo! <3

      Excluir
  2. Oioi! Ai que saudades de reler HP, acho que essa edição que você tem é a mais bonita, estou apaixonado pelas fotos

    ResponderExcluir
  3. Esses livros, filmes e tudo mais.... Faz um enorme sucesso com todos rs.
    Pra quem realmente gosta é uma boa indicação.
    https://blogdajenny2014.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Tô encantada pelas fotos desse post! HP sem dúvidas é uma das franquias que marcou a infância de muita gente, essa história jamais será esquecida e permanecerá pra sempre no coraçaõ de cada potterhead <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nunca vou esquecer as maravilhas que essa saga me proporcionou ♡

      Excluir
  5. Olá Lucas, tudo bem?

    Acredita que só ano passado conseguir terminar os livros de Harry Potter, eu adoro os filmes. Mas demorei nos livros, porque eu fico muito chateada com o HP e suas atitudes, mas amo Hermione e Wesley. Amei suas fotos e essa dição.
    Abraços

    ResponderExcluir
  6. Oi Lucas! Nossa, tenho visto tantos posts de HP ultimamente, que tenho ficado com mt vontade de reler. A última vez foi em 2018. OdF é um livro polêmico. É o preferido de muitos o detestado de alguns, mas abre muitas discussões. A primeira é a cerca do próprio Harry. Honestamente, só depois de beeeeeeeeeeem mais velha da primeira vez que li, consegui entender ele. Fiquei com pena de tudo e entendi que tanto do comportamento dele. A morte do Sirius é uma das que mais me fez sofrer. Mas, discordo sobre as coisas esclarecerem sobre Snape. Acho que ele não era uma pessoa fácil na escola também e, ainda que tenha sofrido bullying, isso não justifica metade das coisas que ele fez, principalmente com os alunos. Ainda não supero ele ser o bicho papão do Neville, que passou por mt merda. Enfim, isso é uma discussão pra pós último livro. A adaptação é uma coisa que só Deus. Apesar de gostar dos filmes, do quarto em diante, fica devendo em muitas partes.
    AMEI seu post. Beijos
    https://almde50tons.wordpress.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu amo muito o Snape mas ao mesmo tempo odeio haha. No final a gente começa a entender ele um pouco melhor. Muito obrigado pelo carinho, moça! ♡

      Excluir
  7. Lembro que li esse livro tão rápido, e chorei TANTO com a morte do Siruis... nem mais no filme que no livro porque enquanto eu lia eu não conseguia processar aquilo. Passei a leitura toda esperando algo horrível acontecer!
    Quanto ao filme, deveria ter sido dois filmes sim porque eu só consegui entender ele porque tinha lido o livro. Quem não assistiu fica ??? Cortaram tanta coisa. Afff que ódio!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sobre as adaptações de HP: Odeio porem sou apaixonado nelas hahah ♡

      Excluir
  8. Sabe que eu nunca assisti HP? Eu gostei dos livros (mas não amei) e fiquei durante dias a dialogar a respeito de cada trama lida. Os detalhes. A morte de um dos personagens acabou comigo e eu precisei refletir a respeito. Enfim... era outro tempo, acho que eu preciso voltar a esses livros. Talvez depois da pandemia. rs

    bacio

    ResponderExcluir

Ativem o "notifique-me" para saber qual foi minha resposta ao seu comentário e para que possamos interagir melhor! ♡