14 abril, 2020

Lady Killer (Joëlle Jones & Jamie S. Rich)


As mulheres, desde muito tempo atrás, foram submetidas a esteriótipos fúteis em relação a seu papel na sociedade, e, mesmo nos tempos atuais, esses pensamentos saudosistas de que a mulher deve ser  "somente" uma boa dona de casa, uma boa mãe e uma boa esposa, ainda são muito recorrentes. As mulheres podem fazer tudo o que os homens fazem com muita precisão e de igual qualidade.

Em Lady Killer, iremos acompanhar a rotina da nossa protagonista Josie Shuller. Ela é uma mãe carinhosa, uma ótima esposa e uma assassina de aluguel. Mesmo tendo muitas afazeres tanto na vida de dona de casa e em seu trabalho, que envolve matar pessoas a sangue frio, ela é capaz de equilibrar tudo, até que um curto deslize de sua parte, pode colocar tudo em risco.


Assim que eu terminei a leitura, fiquei refletindo sobre a imagem que a protagonista passa para seus vizinhos e as pessoas a sua volta. Josie é vista como uma mulher simpática e muito gentil, e, na sua relação familiar, é uma mãe amorosa para seus filhos e uma esposa dedicada, mas, quando ela está em uma “missão” toda essa visão que temos dela, muda completamente. Ela é uma assassina muito fria e sagaz, controla cada passo para que tudo saia com a máxima eficiência, agilidade e sem manchas de sangue. 

Essa é uma mistura perfeita e inteligente entre o humor, morbidez e faz uma critica social de como a sociedade enxerga as mulheres de uma forma divertida e sagaz. A maneira como os autores brincam com a vida dupla da Josie é bem divertida (não que matar pessoas seja divertido!). Ver como as pessoas as subestimam e tão-pouco a conhecem por completo, é hilário. Os diálogos dessa Graphic Novel, por si só, ironizam muito do que se pensavam das mulheres nos anos 1960.


É um quadrinho muito rápido e viciante, assim que comecei a ler não consegui largar, o li de uma vez. As ilustrações de Joelle Jones são carregadas de uma paleta de cores clássicas, um traço forte, e seu estilo combina muito bem com as cenas de ação e com as em família em que vemos Josie com vestidos acinturados e salto alto, tudo isso, deixou a história com uma estética vintage que eu achei muito legal e interessante.

Toda a vez que eu faço a leitura de alguma Graphic novel, gosto de ficar um bom tempo observando cada detalhe das ilustrações! Essa em específico, as artes são carregadas de muitos detalhes, algumas ocupam a página toda, outras possui muitos diálogos. Esse contraste só deixou a experiência de leitura ainda melhor. É perceptivo como a protagonista tem uma personalidade forte e  é uma pessoa destemida.

Uma edição matadora



A edição está fascinante! Diferente da edição original, as cores estão mais saturadas e com mais contraste. As cores ficaram vibrantes e combinaram muito entre si. Juntamente com o livro, acompanha uma luva, que além de proteger o livro, ela faz referência a uma caixa de produtos de limpeza e nos traz um pouco do humor que encontramos na história. A capa é em soft touch e a lombada é amarela com o nome dos autores e o título da Graphic Novel. E para deixar tudo ainda melhor, a introdução para a edição brasileira foi feita pela Tori Telfer, Autora de Lady Killers - Assassinas em série.

No final do quadrinho, possui um conteúdo extra com uma série de ilustrações inspiraras em propagandas da época. Eu achei cada uma muito linda e gostaria muito de transformar cada uma delas em pôsteres! Para ajudar nos nossos afazeres (haha), comprando pelo site da caveira, você recebe um par de luvas de látex amarela como parte da “Experiência Dark”, sem contar que também recebemos um kit com cinco marcadores de páginas!


Eu gostei muito de ter feito essa leitura! Mesmo assassinos e assassinas, sendo em um geral, completamente abomináveis, em Lady Killer é tudo ficcional e por isso, não nos sentimos culpados em torcer para o sucesso da Josie, e que tudo saia perfeitamente bem. Estou muito ansioso para fazer a leitura do segundo volume, que por sinal, já foi lançado <3

Espero que tenham gostado do post e das fotos e torço para que alguém tenham ficado interessado em ler esse quadrinho <3  Ah, lembrem-se sempre de usar um produto com uma qualidade matadora na limpeza.

Com amor, L 

AO INFINITO E ALÉM

22 comentários:

  1. Olha, eu sou suspeita para falar dessa Graphic Novel. Esse selo é meu favorito da DarkSide Books e eu me apaixonei pela Josie. É inevitável não se vê torcendo por ela, afinal de contas, Josie não fez nada de errado. Haha As artes no final, nossa, tive vontade de transformar cada uma em um pôster. Que trabalho perfeito a DarkSide fez nessa GN. Seu post está maravilhoso e as fotos, sem comentários, perfeitas como sempre.
    Beijão, migo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando eu terminei essa graphic novel eu fiquei vários minutos admirando o trabalho gráfico que a DarkSide fez nesse quadrinho!
      Muito obrigado, amiga! Fico feliz em saber que gostou <3

      Excluir
  2. Li essa GN ano passado, assim que ela foi publicada e achei sensacional. Fiquei fã de Josie, é bom termos uma amiga desse tipo sempre por perto!!! E tem razão sobre a obra, ela é muito linda e super bem feita.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Josie é uma protagonista muito forte e sangrenta! Hahaha

      Excluir
  3. Essa GN está sensacional mesmo e um trabalho perfeito da editora.
    Josie é uma personagem que vc já sente empatia logo de cara, mesmo sendo uma assassina.
    Leitura sensacional e eu não vejo a hora de ler o próximo volume.

    ResponderExcluir
  4. Eu já ouvi falar dessa obra tem um bom tempo, esses dias atrás até descobri que tem um volume 2 né? Quando soube de livro, entrou na minha lista de leituras de cara porque a proposta da história é incrível. O ruim é que eu peguei emprestado mês passado, mas a leitura não flui! Não sai das primeiras páginas. Penso que pode ser pela minha falta de costume em ler graphic novels, porque a história é interessante, mas ainda não me animei a pegar pra ler de novo. Mas ainda tentarei de novo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenta sim, talvez seja o fato que você não estar acostumada a ler Graphic novels mesmo. Mas tenho certeza que se ler, irá gostar!

      Excluir
  5. Oi, Lucas! Que post fantástico! Li essa Graphic Novel da Darkside no ano passado e simplesmente amei! Eles arrasaram, o que não é novidade, assim como você aqui! Agora, quando tiver uma folga, quero muito ler a segunda GN, a continuidade, que também deve estar prometendo! Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já li o segundo volume e já adianto que simplesmente amei <3

      Excluir
  6. Essa graphic novel e um sucesso total, só vejo críticas positivas! Mas também, pudera, a sinopse é muito instigante e trabalho gráfico impressiona pela qualidade, criatividade e riqueza de detalhes. O reconhecimento do público é a consequência desse trabalho bem feito. Parabéns pelas fotos, estão um arraso, matadoras!

    ResponderExcluir
  7. Sempre quis ler essa história, mas não fazia ideia de que era tão legal assim. Confesso que o que me atraiu mais mesmo foi a capa, eu não cheguei a procurar muito sobre o enredo, mas protagonista feminina, forte e com dupla vida? Quero muito e pra já. Abs! ♥

    ResponderExcluir
  8. Eu amo as graphic novels da Darkside. Eu adoro a Darkside na real, nem nego mais kkk Lady Killer é uma das que mais me fascina, justamente pelo protagonismo feminino e pela quebra de visões/expectativas em relação ao papel da mulher na sociedade e o humor que isso gera

    ResponderExcluir
  9. História de filme de ação! Parece bem legal! A capa chama atenção mesmo!

    ResponderExcluir
  10. Eu amo graphic novels e me diverte ao ler que você não se sentiu culpado por torcer pela Lady Killer. O que me fez lembrar que eu sempre torci pelos vilões e nunca senti culpa alguma nisso. rs Eu amava o Darth Vader (amo ainda) e um dos meus personagens favoritos é o Hannibal. Amava a cena em que ele revelava o que era servido à mesa, para os seus convidados.
    Minha professora certa vez, ficou pasma comigo ao saber de certas preferências e eu acabei numa sala a dialogar com a coordenadora. Tive que desenhar a diferença entre realidade e ficção. Imagina a preguiça que eu senti.
    Enfim. eu adorei esse livro, principalmente pela época em que a trama acontece. Aquelas mulheres para mim, eram todas psicopatas. Eu seria se vivesse a bordo daquelas roupas e dentro daquelas cozinhas planejadas. rs

    bacio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahah não me sinto mesmo! Josie é uma personagem muito complexa.

      Excluir
  11. Não vejo a hora de o volume 3 ser lançado! Estou tão curiosa para saber onde essa história vai parar. Eu acho tão legal como a Josie consegue no mesmo dia matar uma pessoa e preparar o jantar hahaha.
    O auge com certeza foi você me dizendo que tinha sangue demais nas fotos. Estão lindas de qualquer forma! <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aguardando ansiosamente o lançamento do volume 3!
      Hahaha muito obrigado, amiga! <3

      Excluir

Ativem o "notifique-me" para saber qual foi minha resposta ao seu comentário e para que possamos interagir melhor! ♡