11 agosto, 2020

Bird Box: Caixa de Pássaros (Josh Malerman)


Quando eu via comentários positivos de algumas pessoas a respeito deste livro, sempre ficava meio receoso, pois esse não é o tipo de leitura na qual eu estou acostumando, achava que a leitura teria um desenrolar lento e entediante, mas depois que eu conclui a leitura, tive plena certeza de que me enganei, Birb Box: Caixa de pássaros já entrou na lista de umas das melhores leituras de 2020! 

Em Bird Box: Caixa de Pássaros vamos acompanhar um cenário apocalíptico que vai se alternando entre o passado e presente. No passado, a protagonista Melorie descobre que está grávida e logo os telejornais de Televisão começam a notificar/Alertar comportamentos agressivos e suicidadas que são causados após as pessoas olharem para para alguma coisa, força maligna ou criaturas, que não sabemos quase nada sobre e nem o que são. Já no presente, Melorie e seus dois filhos (uma menina e um menino) de apenas quatro anos, estão em uma batalha perigosa em busca de sobrevivência, e tudo isso, de olhos vendados!


O melhor deste livro, e que foi um ponto sobre o qual me fez gostar ainda mais da história, e colocar ela na lista dos favoritos, foi o foco da história ser sobre a determinação de uma mulher que luta diariamente para manter seus filhos em segurança dessa coisa que eles não sabem o que são. As criaturas foram deixadas meio querem segundo plano, e graças a isso pude me conectar melhor com os personagens e também com a história. 

A sensação que eu tive ao terminar de ler essa história foi igual a de soltar o ar dos pulmões depois de tê-lo segurado por um período de tempo. A história é bem curta (possui 272 páginas), direta e brutal. O livro se torna muito angustiante por sua eficácia em nos transportar para um mundo em que tudo acontece às cegas. Todos os personagens da história passam por provocações constantes e o desgaste físico e psicológico é nítido em todos quase todos os capítulos.


Não abra os olhos



O começo do livro, apesar de um pouco mais lento que o restaste da história, foi uma das minhas partes favoritas! Tudo já começa acontecendo de uma forma muito caótica e conturbada, e ir acompanhando os personagens ao longo do desenrolar é assustador. O livro em um geral, nos apresenta uma narrativa mais sensitiva, uma leitura que nos prende do início ao fim. Os três fatores que mais me fizeram ficar imersos na história, e me fazer favoritar esse livro foram: Leitura fluida, capítulos curtos e um enredo eletrizante. Tudo isso muito bem desenvolvido e escrito. 

Adaptação cinematográfica



Há algum tempo, Bird Box: Caixa de pássaros ganhou uma adaptação cinematográfica na Netflix e na época foi um sucesso (e é até hoje), logo após isso ter acontecido eu fiquei ainda mais curioso para ler o livro, mas como na época eu estava meio que de ressaca literária, acabei assistindo o filme mesmo antes de ter lido o livro depois, mas já adianto que isso não estragou minha experiência de leitura (mesmo ficando com receio do livro ser lento), diria que até contribuiu muito. Notei inúmeras diferenças entre o livro e o filme, claro, não podemos comparar ambas as adaptações pois são formas de entretimento completamente diferentes, mas eu fiquei muito feliz comigo mesmo por ter amado as duas narrativas. 

No filme as coisas acontecem um pouco mais rápido e cada minuto é importante, mesmo em algumas cenas serem bem diferentes no livro, gostei de ver elas das duas formas, senti falta de algumas cenas no filme que tem no livro e vice-versa, e se alguém já assistiu ao filme e esta desanimado de ler o livro, eu super recomendo lerem o livro mesmo já tendo assistido a adaptação, para mim isso não mudou muita coisa e nem estragou meu apego com a história, o que é ótimo!


O livro foi publicado aqui no Brasil pela editora intrínseca, essa edição eu comprei na Amazon ano passado e eu paguei apenas R$9,00 nela! Até hoje não acredito que eu paguei esse preço em uma edição de luxo. Se quiserem comprar o livro, comprem aqui. comprando através deste link vocês ajudam o blog Universo Desconhecido a crescer e me incentivam a continuar com o meu trabalho : )

Vocês lá leram Caixa de pássaros? Gostaram? Já assistiram ao filme?

10 comentários:

  1. Assisti o filme essa semana e gostei bastante, mas sinto falta de saber exatamente o que são essas coisas e passei parte da história pensando que a personagem principal iria salvar o dia e fazer tudo voltar ao normal. Ledo engano. Agora, lendo tua resenha, fiquei com vontade de ler o livro...rs
    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho certeza que você vai amar o livro também!
      Muito obrigado, moça! ♡

      Excluir
  2. Oi Lucas, estou com esse livro na estante tem um ano e ainda, não consegui realizar a leitura dele. Um dos motivos é pela minha descrença na história, sabe? Todo mundo fica falando tão bem dele, escrevendo resenhas maravihosas que fico em dúvida, se vou ou não gostar e acabo adiando a leitura mas, eu ganhei o livro de presente por isso, ainda está na estante.
    Não assisti ao filme, porque não li o livro ainda...kk

    Viviane Almeida
    Resenhas da Viviane

    ResponderExcluir
  3. Tudo bem Lucas, gostei bastante do livro, quero ler os outros livros...O filme também gostei bastante...
    Abraços

    ResponderExcluir
  4. Me lembro do entusiasmo que o filme provocou, algo que não me alcançou até por não ser uma pessoa que se deixou seduzir pelo universo do streaming. Me lembro que na época eu não entendi qual era a idéia do filme-livro. Alguém me disse que era o medo do escuro. ok.
    Eu não li o livro e não vi o filme, mas é engraçado que sempre me interessa ler as opiniões das pessoas a respeito e adorei sua narrativa inicial. Sensação boa essa de soltar o ar depois de passar algum tempo com o ar retido nos pulmões. Gostei...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando o filme lançou foi uma loucura, todo mundo só falava disso haha!

      Excluir
  5. Queria tanto ter conseguido pegar esse livro na promoção de 10$ aff! Li ele quando estava no ensino médio, há uns quatro anos, e lembro que na época fiquei toda estranha com as coisas que estavam acontecendo hahaha. Tem uma cena que eu lembro até hoje: a protagonista se pergunta se as "coisas" estão vigiando a casa. Pensa no medo da criança!
    O filme eu achei bom, mas não tanto quanto o livro. E achei o maior surto as pessoas inventando teorias sobre as criaturas. É uma história de fim de mundo apenas, meu povo. Descansa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa promoção foi o auge! Nossa, sim! nunca vi tanta teoria igual naquela época

      Excluir

Ativem o "notifique-me" para saber qual foi minha resposta ao seu comentário e para que possamos interagir melhor! ♡